A badalada Saint-Tropez e suas praias de águas cristalinas

Conforme explicado no post sobre a França, a minúscula Saint-Tropez, com uma população em torno de 5 mil habitantes, mas uma vida social intensa e de alto luxo, foi um dos destinos que visitamos durante a viagem pela Côte d’Azur, a Riviera Francesa. O francês é o idioma oficial, embora não seja difícil se comunicar em inglês após uma breve introdução com poucos termos básicos em francês.

Os primeiros vilarejos na região foram estabelecidos durante o Império Romano, mas nunca alcançaram grande desenvolvimento ao longo dos quase 2 mil anos de existência, constituindo-se em uma pequena vila de pescadores com uma base militar. No entanto, as filmagens ocorridas durante a chamada Nouvelle Vague (décadas de 1950 e 1960) do cinema francês tornaram a cidade mundialmente conhecida, sendo a atriz Brigitte Bardot uma de suas protagonistas.

Qual a melhor época para visitar Saint-Tropez?
É uma cidade com clima Mediterrâneo, com dias longos, secos e quentes no verão (máxima em torno de 28ºC) e frios no inverno (mínima próxima a 6ºC). Portanto, é possível visitar a cidade durante o ano todo, mas é mais alegre e movimentada no período de junho a setembro. Estivemos em setembro de 2011 e desfrutamos de um lindo dia!

Quanto tempo ficar em Saint-Tropez?
Dependerá muito do seu objetivo na cidade. Se busca mergulhar nas águas cristalinas do Mediterrâneo ou conhecer o agradável centro histórico, um dia será suficiente. No entanto, se deseja aproveitar a badalação diurna e noturna, mundialmente famosa, recomendamos pelo menos dois dias inteiros. Como dedicamos apenas ao turismo, passamos apenas o dia, antes de seguir para Marselha.

Como chegar em Saint-Tropez?
A principal e mais simples maneira de chegar à cidade é de carro durante um passeio pelos destinos da Riviera Francesa, uma vez que a cidade não possui aeroporto e as praias no entorno são mais afastadas. No entanto, é possível combinar ônibus e trem a partir de outras cidades como Nice.

Onde se hospedar em Saint-Tropez?
Como explicado anteriormente, não dormimos em Saint-Tropez, mas a cidade é famosa pelos luxuosos hotéis (veja todos aqui). Sugerimos os cinco estrelas Hotel ByblosPan Dei Palais, Hôtel de ParisHotel La Résidence de La PinèdeKube Hotel e Hotel Villa Cosy, os quatro estrelas La Bastide d’AntoineLe Mouillage, Le Pre de la MerLa Bastide des Salins e La Ferme D’Augustin, e os três estrelas Hotel des Lices, Les Lauriers, La Bastide Du Port e Les Capucines.

O Roteiro
Sugerimos dedicar a manhã ao compacto, mas charmoso centro histórico de Saint-Tropez. O Vieux Port (ou Porto Antigo) ancora os iates dos milionários que visitam (ou moram!) na região, dividindo espaço com os pequenos barcos pesqueiros da população local.

Saint-Tropez - FrancaChegada ao centro histórico e Vieux Port

Saint-Tropez - FrancaVieux Port

Saint-Tropez - FrancaVieux Port – pequenos barcos no primeiro plano contrastando com iates no segundo

Ao longo do porto, diversos restaurantes e lojas de souvenirs ocupam os antigos casarões. Contorne a baía até o lado oposto para visitar o farol e a muralha marítima com uma das quatro torres de defesa da cidade, a Tour du Portalet, erguida no século XV.

Saint-Tropez - FrancaFarol de Saint Tropez

Saint-Tropez - FrancaMuralha marítima da cidade com a torre de defesa Portalet

Saint-Tropez - FrancaVieux Port e seus antigos casarões

Saint-Tropez - FrancaÁguas transparentes mesmo na região do porto

No caminho para a Citadelle (ou Citadela), antiga fortaleza do século XVI localizada no alto da colina, desbrave as diversas ruelas transversais – algumas repletas de lojas de grife internacionais, outras com ateliês e pequenos cafés e bistrôs.

Saint-Tropez - FrancaRuelas do centro histórico a caminho da citadela

Após um delicioso almoço em um dos convidativos restaurantes do centro, dedique a tarde às praias que ficam no entorno de Saint-Tropez, como a Pampelonne, esse famoso tesouro de águas cristalinas.

Praia - Saint-Tropez - FrancaPampelonne

Praia - Saint-Tropez - FrancaPampelonne

Gostou do roteiro e das dicas? Faça suas reservas pelas caixas de pesquisa na lateral, nos links ao longo do post ou clique para reservas de hospedagem no Booking ou aluguel de carros no RentalCars. Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o site. Obrigado!


Precisa de orientação para montar um roteiro inesquecível? Quer ajuda em reservas de hotéis, aluguel de carros, passagens de avião, ônibus ou trem? Quer montar um roteiro 100% personalizado e tornar sua viagem inesquecível? Visite nossa página de Roteiros Personalizados ou deixe sua mensagem abaixo.

Thiago Carvalho

Carioca, casado, 31 anos, médico, amante da natureza e apaixonado por viagem, de Itaipava no fim de semana ao Bungee Jumping na Nova Zelândia. Volta de uma viagem com o roteiro pronto para a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Reprodução ou cópia não autorizada!