Dicas e Roteiros de Viagem pela Lituânia

República da Lituânia está localizada no norte da Europa Oriental, em uma região conhecida como Báltico. Faz fronteira ao norte com a Letônia, ao leste com Belarus, ao sul com a Polônia e ao sudoeste com um pequeno território da Rússia, estando bem próxima à Suécia e Dinamarca. Possui uma população próxima a 3 milhões de habitantes, sendo mais de 500 mil em Vilnius, capital e cidade mais populosa desse pequeno país.

A região da atual Lituânia tem relato de ocupações que datam de quase 10 mil anos. Contudo, foi apenas no início do século XIII que houve a formação de um enorme e poderoso país de grande extensão para áreas hoje ocupadas pela Rússia, Polônia, Ucrânia e Belarus. Com a expansão, a nobreza lituana uniu-se à polonesa, culminando com a formação, em 1569, da Commonwealth Polonesa-Lituana, garantindo a preservação das culturas de cada uma das partes.

No entanto, pouco mais de 100 anos depois, uma sucessão de guerras com a Suécia e Rússia devastou o país, que passou a ter sua maior parte anexada ao Império Russo, em um regime ditatorial, que durou até a independência do país em 1918, com o fim da 1ª Guerra Mundial. O período de liberdade teve curta duração, com a ocupação de Vilnius pela Polônia e o golpe de Antanas Smetona que estabeleceu um regime nacionalista e autoritário. No entanto, com o início da 2ª Guerra Mundial, o país foi ocupado pela União Soviética em 1940, seguida dos nazistas e, novamente, pelos soviéticos, que a transformaram na República Socialista Soviética da Lituânia. Após quase 50 anos de repressão e ditadura, a independência foi restaurada em 1991, com o fim da União Soviética.

Nesses pouco mais de 25 anos de independência, a Lituânia experimentou grande desenvolvimento econômico e social, tornando-se um país de alto Índice de Desenvolvimento Humano.

Mapa - Lituania
Fonte: WorldMapFinder

A Lituânia faz parte da União Europeia (UE) desde 2004 e adotou como moeda o euro. Assim como nos demais países do bloco, não existe necessidade de visto para permanência menor do que 90 dias, nem vacinação obrigatória para brasileiros. Na gastronomia, destacam-se os pães de centeio, o čeburekai (muito parecido com nossos pastéis) e os pratos à base de batatas, como o kugelis (pudim de batata recheado de carne), o védarai (salsicha de batata) e o cepelinai (bolos de batata recheados com queijo ou carne). Uma das bebidas alcoólicas nacionais é o Krupnikas, um destilado licorado com centenas de anos de história!

idioma oficial é o lituano. No entanto, não se desespere, a maioria fala inglês! O fuso horário é de mais 5 horas em relação à Brasília, variando conforme o horário de verão. O clima oscila entre o marítimo e o continental, de acordo com a região. O inverno é frio (média de -4ºC), com neve e dias muito curtos, enquanto o verão apresenta temperatura amena (média de 16ºC) em longos e ensolarados dias.

Pelo pequeno tamanho e proximidade com a Rússia, Polônia, Estônia, Letônia e Finlândia, geralmente o roteiro inclui cidades dos demais países. Dessa forma, o deslocamento pode ser realizado de carro, trem, ônibus ou avião, não existindo voos diretos a partir do Brasil.

Estivemos na Lituânia em agosto de 2017 em uma viagem muito especial desde a Rússia até a República Tcheca!

Gostou do roteiro e das dicas? Faça suas reservas pelas caixas de pesquisa na lateral, nos links ao longo do post ou clique para reservas de hospedagem no Booking. Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o site. Obrigado!

Thiago Carvalho

Carioca, casado, 33 anos, médico, amante da natureza e apaixonado por viagem, de Itaipava no fim de semana ao Bungee Jumping na Nova Zelândia. Volta de uma viagem com o roteiro pronto para a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Alerta: Conteúdo Protegido!