Um maravilhoso dia de sol na chuvosa Bergen

Conforme explicado no post sobre a Noruega, Bergen, a segunda maior cidade do país com aproximadamente 280 mil habitantes, foi um dos destinos que visitamos durante a viagem pela Escandinávia. O norueguês é o idioma oficial, embora a maioria da população fale inglês.

Os primeiros relatos de relações comerciais no local datam de 1020, com grande crescimento e prosperidade nos séculos seguintes, sendo o bacalhau o principal produto exportado. Bergen tornou-se capital da Noruega no início do século XIII, mas pouco mais de 100 anos após perdeu o posto para Oslo. A cidade sofreu forte influência dos mercadores germânicos, com a fundação no Bryggen, durante o século XIV, de um dos postos de troca da Liga Hanseática, uma confederação de comércio e defesa que dominou as relações marítimas no Báltico e teve grande influência política. A despeito da Peste Negra e de inúmeras batalhas e incêndios ao longo dos séculos, Bergen ainda se destaca como uma das maiores cidades e um dos principais centros de comércio e de turismo da Escandinávia na atualidade.

Qual a melhor época para ir em Bergen?

É uma cidade com clima oceânico, temperatura média baixa no inverno (próximo de zero grau), poucas horas de sol e grande chance de neve. Portanto, programe-se para ir entre maio e início de setembro, sobretudo junho a agosto, quando as temperaturas são amenas (entre 7ºC e 15ºC em maio e setembro e 12ºC e 19ºC entre junho e agosto) e os dias bem longos. A precipitação é altíssima durante todo o ano (média de 200 dias de chuva!), sobretudo no inverno. Visitamos em maio de 2017, quando aproveitamos um belíssimo (e raro!) dia de sol na cidade, além de outros dias mais nublados com pouca chuva.

Quanto tempo ficar em Bergen?

A cidade é linda e o centro histórico muito charmoso e compacto. Como é a principal base para diversos passeios pelos fiordes, o número de dias na região dependerá da sua disponibilidade e programação. No entanto, para visitar a cidade e os principais destinos da região, recomendamos pelo menos dois dias inteiros, conforme explicamos melhor em Fiordes da Noruega: Tudo o que você precisa saber.

Como chegar em Bergen?

Existem quatro opções principais:

  • Avião: uma boa opção para economizar tempo no deslocamento interno. O aeroporto está localizado a 16 km do centro histórico e conta com tramway ou uma linha expressa de ônibus executivo (Airport Express Coach) para o translado.
  • Carro: excelente opção se deseja conhecer as paisagens do interior da Noruega, mas vale ressaltar que o deslocamento nessa região pode implicar algumas balsas e estradas com limites de velocidade mais baixos que o habitual e, portanto, exige mais tempo disponível.
  • Trem: excelente alternativa para os grandes deslocamentos, sobretudo até Oslo ou Flam. No entanto, é necessário combinar com outros meios de transporte para visitar os fiordes.

Veja dicas de como comprar, economizar e se deslocar de trem na Europa em nosso post “Como viajar de trem na Europa“.

  • Barco (Fjordline): uma alternativa diferente e confortável para os viajantes que vêm da Dinamarca ou de Stavanger. O porto é bem próximo do centro histórico. Foi o que fizemos quando partimos de Stavanger. O barco – chamado de ferry – é imenso, confortável, com serviço de bordo e navega por belas paisagens!
Área interna
Ferry Stavanger - Bergen - Noruega
Deck exterior
Ferry Stavanger - Bergen - Noruega
Pequenas cidades no caminho Stavanger-Bergen
Ferry Stavanger - Bergen - Noruega
Paisagens no caminho Stavanger-Bergen

Onde ficar em Bergen?

Se estiver chegando e/ou saindo da cidade de avião ou trem, a região próxima ao Byparken é uma ótima alternativa para hospedagem, permitindo realizar o deslocamento a pé pela cidade, além de facilitar e baratear a chegada e partida. Como chegamos de barco e gostamos de fazer o deslocamento a pé sempre que possível, optamos por um hotel mais próximo ao porto de Bergen e escolhemos o Klosterhagen Hotel. O quarto era simples, mas confortável e limpo e o café da manhã dentro do esperado. Julgamos um bom custo-benefício, considerando a curta distância para o porto de chegada e para o centro (área turística e local de partida do barco para Flam!) embora com uma íngreme subida.

Bergen - Noruega
Vista da janela do hotel com a subida à direita

A cidade possui diversos hotéis (veja todos aqui). Sugestões na região próxima ao centro histórico são os quatro estrelas Clarion Hotel AdmiralBergen Børs HotelDet Hanseatiske HotelThon Hotel RosenkrantzClarion Collection Hotel HavnekontoretRadisson Blu Royal Hotel, Hotel Oleana e Thon Hotel Bristol e os três estrelas Augustin Hotel e Best Western Plus Hotel. Já próximo da estação de trem, sugerimos Zander K Hotel, Grand Hotel TerminusScandic Ørnen.

O que fazer? Roteiro!

Montamos um roteiro voltado para as atrações da cidade, que podem ser percorridas tranquilamente em um dia, podendo estender se optar pela visita aos museus. No entanto, existem inúmeras opções de passeios pela região. Para os detalhes do que sugerimos, não deixe de acessar “Fiordes da Noruega: Tudo o que você precisa saber“, onde explicamos o que fizemos nos seis dias de viagem pelo interior norueguês.

Como a maior parte dos turistas fica hospedada próximo ao Bryggen, começaremos nosso roteiro por esse ponto, antiga região habitada pelos germânicos da Liga Hanseática, onde adotavam leis e normas próprias. Esse pequeno trecho da baía, Patrimônio da Humanidade pela UNESCO desde 1979, é um charme, com casas coloridas de madeira de quase 300 anos, reconstruídas depois do incêndio do século XVIII. Perca-se pelas estreitas ruas, pois são uma verdadeira viagem ao passado.

Bryggen - Bergen - Noruega
Por entre as estreitas ruas do Bryggen
Bryggen - Bergen - Noruega
Bryggen

Se quiser conhecer um pouco mais sobre a construção da região, uma opção é o Bryggens Museum, que exibe as escavações descobertas na década de 1950.

Bryggen Museum - Bergen - Noruega
Museu de Bryggen

Atrás está a Mariakirken (ou Igreja de Santa Maria), a construção mais antiga da cidade. Erguida entre 1130 e 1170 com um exterior de pedra em estilo romanesco, infelizmente não estava aberta para conhecermos seu interior.

St Mary Church - Bergen - Noruega

Praticamente ao lado encontra-se a Bergenhus Festning (ou Fortaleza de Bergen) bem na entrada do porto. É um dos castelos mais antigos e preservados da Noruega, com algumas construções do século XIII, quando a cidade era a capital norueguesa e, portanto, fazia parte da residência real. Além dos lindos jardins, não deixe de visitar o Salão de Haakon, destinado para a realeza, e a Torre Rosenkrantz, utilizada para fins militares.

Fortaleza - Bergen - Noruega
Fortaleza de Bergen – Salão Haakon
Fortaleza - Bergen - Noruega
Fortaleza de Bergen – Torre Rosenkrantz
Fortaleza - Bergen - Noruega
Fortaleza de Bergen – Jardins

Na direção oposta, está o Det Hanseatiske Museum og Schøtstuene (ou Museu Hanseático), museu estabelecido em 1872 que conta a história da cidade durante o período Hanseático. Uma área interessante é a Schøtstuene, local onde era permitido acender fogo e cozinhar, visando evitar incêndios.

Hanseatic Museum - Bergen - Noruega

Vire à esquerda para subir de fløibanen (ou funicular) até o lindo mirante no Mount Fløyen. A vista da baía de Bergen é lindíssima e imperdível. O ingresso pode ser comprado na hora e o deslocamento dura poucos minutos!

Floibanen - Bergen - Noruega
Entrada para o funicular
Floibanen - Bergen - Noruega
Subindo de funicular
Mount Floyen - Bergen - Noruega
Vista do Mirante

De volta à base, continue pela Lille Øvregaten até a Domkirken (ou catedral), dedicada a São Olavo. Os primeiros registros remontam a 1181. No entanto, foi destruída pelos incêndios algumas vezes até que ganhou as características atuais em 1640, com a restauração para o estilo medieval apenas em 1880. Infelizmente estava em reforma!

Domkirken - Bergen - Noruega
Catedral

A menos de 500 metros está a Bergen jernbanestasjon (ou Estação de Trem de Bergen), local de chegada e/ou partida da grande maioria dos viajantes. A estação de ônibus está situada logo atrás.

Estacao de Trem - Bergen - Noruega
Estação de Trem

Retorne pelo Festplassen, uma belíssima área verde da cidade, com um enorme lago no centro, nos fundos do grande complexo de museus de arte de Bergen (KODE), um dos maiores dos países nórdicos – não tivemos tempo para conhecê-los! Do outro lado do lago está o pequeno, mas gracioso parque Byparken.

Festplassen - Bergen - Noruega
Área verde com lago no centro
Festplassen - Bergen - Noruega
Lago e complexo de museus à esquerda
Byparken - Bergen - Noruega
Byparken – Jardins e Coreto
Byparken - Bergen - Noruega
Byparken

Faça um pequeno desvio pela Olav Kyrres gate até o prédio da jovem Universidade de Bergen, fundada em 1946. Bem ao lado encontra-se a vermelha Johanneskirken (ou Igreja de São João), maior igreja da cidade, concluída em 1894 em estilo gótico.

Universidade - Bergen - Noruega
Universidade de Bergen
Johanneskirken - Bergen - Noruega
Igreja de São João

Antes de retornar à baía, perca-se nas estreitas ruas com as características casas de madeira pintadas de branco e surpreenda-se com utensílios pessoais deixados nos jardins e praças. Para nós, brasileiros, é incrível pensar como uma sociedade simplesmente respeita um princípio básico – não pegar ou usar o que não é seu!

Bergen - Noruega
Ruas de Bergen
Bergen - Noruega
Ruas de Bergen

Retorne para contemplar a bela vista do Bryggen do outro lado da baía, antes de conhecer a penúltima parada do dia – a Torgallmenningen, uma das principais avenidas comerciais de Bergen e ponto de partida/chegada do ônibus expresso do aeroporto. Não deixe de observar o Sjømannsmonumentet, monumento em homenagem aos navegadores noruegueses desde a época dos Vikings.

Bryggen - Bergen - Noruega
Bryggen – uma cidade dentro de outra!
Torgallmenningen - Bergen - Noruega
Torgallmenningen
Torgallmenningen - Bergen - Noruega
Sjømannsmonumentet 

Termine o dia no Fisketorget (ou Mercado de Peixes), em funcionamento desde 1200. É possível comprar diferentes frutos do mar e produtos regionais nos diversos stands, que oferecem também pratos para serem consumidos nas mesas dos restaurantes ou levados para casa. Além da área interna, existe uma pequena feira no exterior com pescados a preços mais baixos.

Fish Market - Bergen - Noruega
Mercado de Peixes – Exterior
Fish Market - Bergen - Noruega
Mercado de Peixes – Frutos do Mar
Fish Market - Bergen - Noruega
Mercado de Peixes – Frutos do Mar
Fish Market - Bergen - Noruega
Mercado de Peixes – Restaurante no interior

Embora seja turístico, nos rendemos ao ambiente e à gastronomia do local. O visual é muito agradável, os produtos fresquíssimos e as opções numerosas. Essa seria nossa recomendação – tanto que voltamos -, sobretudo se for passar apenas um dia na cidade. Na primeira visita (restaurante – Fjellskal) provamos a carne de baleia defumada (não há nada de excepcional, lembrando uma carne vermelha!) e o salmão marinado com Cognac de entrada, seguido de halibute com azeite de alho e pimenta chili e peixe vermelho na manteiga com ervas, tomilho, limão siciliano e alho. Tudo excelente!

Jantar - Fish Market - Bergen - Noruega
Entradas – carne de baleia defumada e salmão marinado com Cognac
Jantar - Fish Market - Bergen - Noruega
Halibute com azeite de alho e pimenta chili
Jantar - Fish Market - Bergen - Noruega
Peixe vermelho na manteiga com ervas, tomilho, limão siciliano e alho

Na segunda visita (restaurante – Fish Me) fomos gulosos com uma porção de camarões de entrada, seguido do “Prato de Luxo” (mexilhões, ostras, lagostins, lagosta e King Crab). De sobremesa, um maravilhoso waffle com o gjeitost (queijo com sabor de caramelo!). O atendimento não foi excepcional, mas os frutos do mar estavam frescos e saborosos!

Jantar - Fish Market - Bergen - Noruega
Prato de Luxo
Jantar - Fish Market - Bergen - Noruega
Waffle com gjeitost e geleias

Uma alternativa é fazer um piquenique com uma mistura de iguarias regionais. Foi o que fizemos no dia que alugamos o carro. Compramos sushi, sashimi, salame de rena, linguiça de alce e gjeitost, além de torradas e geleia. Uma verdadeira e deliciosa explosão de sabores totalmente diferentes do que estamos acostumados!

Comidas - Bergen - Noruega

Para um lanche, não deixe de provar o Skolebrød – uma espécie de pão doce típico da Noruega – ou comprar algum “-berry“, com destaque para os gigantescos e suculentos morangos vendidos por toda a Escandinávia!

Skolebrod - Bergen - Noruega
Skolebrød
Morango - Bergen - Noruega
Morangos

Para saber mais sobre os passeios que fizemos na região nos dias em que passamos em Bergen e nosso deslocamento alternativo até Flam, visite “Fiordes da Noruega: Tudo o que você precisa saber“.

Gostou do roteiro e das dicas? Faça suas reservas pelas caixas de pesquisa na lateral, nos links ao longo do post ou clique para reservas de hospedagem no Booking. Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o site. Obrigado!

Silvia Carvalho

Carioca, casada, 32 anos, médica, sempre com uma máquina fotográfica na bolsa, apaixonada por viajar e degustar as comidas típicas locais.

22 Resultados

  1. Liany Garves Nogueira disse:

    A Noruega super está na minha Bucket list, mas sempre penso nela pra ver a aurora boreal e nem sabia quantas outras coisas legais têm pra se fazer por lá! Adorei como vocês colocaram tudo explicadinho do que fazer e como chegar e ainda um roteiro completo. Adorei o navio e também escolheria esse transporte pra chegar lá. O navio sai mais caro que o trem ou o avião?

  2. nicole disse:

    meu pai disse que a noruega foi o país mais lindo que ele já visitou e pelas fotos é mesmo, mas não é só lindo ne? tem mil coisas pra fazer e comer (aguei com todas as comidas) !! Ameeei as dicas!

  3. Juliana disse:

    Quanta coisa interessante, eu sempre pensei na Noruega como ponto da Aurora Boreal. Adorei a sorte que teve sendo contemplado com esse dia ensolarado. No mais, é um país muito caro para nós brasileiros turistarmos bem?

    • Nem fala. Foi uma sorte incrível e a Noruega tem muitas belezas naturais e históricas além da Aurora. Vale demais ampliar a visita se for para a Aurora.
      Quanto ao custo, é muito elevado para nós, sobretudo hotéis e alimentação. Em nossa opinião, junto com a Finlândia, é o país mais caro da Europa indubitavelmente.
      No entanto, vale a economia prévia para conhecer.

  4. Renata Telles disse:

    Olhaaaa, já fiquei de olhoo nessa especie de pão doce, sou super gulosa em viagem e adoro provar a culinária local, anotadissima as dicas!! Acho que eu só não ia aguentar muito frio, mas com tanta beleza na cidade tá valendo ne?!

  5. Aninha Lima disse:

    Não sabia muito sobre a turística Bergen e adorei!!!
    As casinhas charmosas dão todo um charme né? Acho que pode ser um bom ponto de partida para nossa viagem à Aurora Boreal!

  6. Thayz disse:

    Olha só que interessante! Nunca imaginei que uma cidadezinha linda dessa existisse na Noruega, já que a gente sempre pensa só em Olso e Tromso.
    Pq vcs decidiram ir pra essa cidade? E quais outras cidades norueguesas menos conhecidas vcs recomendam?

    • Olá Thayz. Como queríamos conhecer a região dos fiordes, fomos estudar sobre as principais cidades e Bergen é a maior e mais importante cidade, tanto para realizar grande parte dos passeios, como pela importância histórica e cultural.
      Nossa sugestão mínima é visitar Flam e Stavanger, lugares bucólicos e imperdíveis.

  7. Livia Zanon disse:

    Caramba não sabia que a Noruega era tão linda assim! Amei o post e as fotos… Muito charme nas casinhas e na cidade toda! Como são os preços pela região? =)

  8. Carla Macedo disse:

    Realmente é um país muito encantador, confesso que eu não tinha a menor noção, da riqueza desse país. Adorei as fotos e já tô aqui salivando nas comidas, rs. Mercado do Peixe para mim, com certeza é parada obrigatória, piroooo com essa diversidade e sabores. Lindo post, anotei várias dicas preciosas.

  9. Leandra disse:

    Ai que delícia de viagem. Amei esta dica de cidade e a melhor época para visitar. Suas fotos ficaram muito lindas com céu aberto e um azul todo especial. Excelete!

  10. Livia Melo disse:

    Vocês sempre com dicas incríveis! Amei a dica do ferry, é exatamente isso que vou fazer, amo passeio de barco e acabo matando dois coelhos com uma cajadada só! Obrigada por compartilhar!!

  11. Muccio disse:

    Simplesmente o melhor e mais didático roteiro de Bergen de toda internet. Parabéns! Tá tudo na cabeça. Eu e minha esposa faremos “ipsis litteris” no próximo sábado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Alerta: Conteúdo Protegido!