Lagos e Vulcões Andinos: Um passeio pela charmosa Puerto Varas

Conforme explicamos no post do Chile, na nossa última visita ao país, em setembro de 2012, tivemos a oportunidade de encaixar um roteiro compacto pelos Lagos Andinos após visitar a Patagônia e o Atacama. Essa região fica ao sul de Santiago (1000km) e ao norte da Patagônia, sendo a cidade de partida para conhecer os principais pontos Puerto Varas.

Puerto Varas é uma pequena cidade de pouco mais de 40 mil habitantes à beira do Lago Llanquihue, o principal da região dos Lagos Andinos. A melhor época para visitar é durante o verão, quando a temperatura é mais amena, os dias são mais longos, a cidade é mais movimentada e há menor risco de chuvas ou de ver o vulcão Osorno encoberto (é sério, chove muito na região!). No entanto, no final do inverno e início da primavera, assim como no Atacama e Patagônia, há mais chance de ver algumas paisagens nevadas e até mesmo desfrutar da estação de ski.

Como não possui aeroporto e a distância é grande, a melhor maneira de chegar é de avião (busque aqui) com destino a Puerto Montt, moderna cidade a 30km de distância. O voo a partir de Santiago tem duração de 1h40 e de Punta Arenas 2h.

Existe a opção de alugar um carro (alugue aqui) e fazer os passeios por conta própria ou fazer o translado com táxi ou shuttle (a um custo menor) e contratar os passeios diretamente na cidade em uma das inúmeras agências. Como fizemos uma viagem compacta, optamos pelo shuttle.

Existem hotéis para todos os bolsos. Se puder, fique de frente para o lago – vale cada centavo! Ficamos no excelente Hotel Bellavista – o quarto era imenso, de frente para o lago, ao lado do centrinho, super limpo e com atendimento e café ótimos! Outras sugestões são Hotel Cumbres e Hotel Cabaña del Lago.

Hotel Bellavista - Puerto Varas - Lagos Andinos

Chegamos em Puerto Varas próximo das 9h, deixamos as malas no hotel e fomos conhecer a cidade e reservar os passeios. Como tínhamos apenas 2 dias completos, sabíamos que o tempo seria justo para fazermos o planejado! Assim como na Patagônia, é possível começar no lado chileno e terminar em Bariloche, fazendo a Travessia dos Lagos (podemos ajudar no seu planejamento!). As atrações são:

  • Passeio em Puerto Montt e Frutillar
  • Passeio à pinguinera Chiloé
  • Passeio pela cidade
  • Visita ao Osorno
  • Saltos de Petrohué e Lago Todos Los Santos (com ou sem navegação, caiaque, rafting)

Nossa programação inicial era ir a Frutillar à tarde e fazer os Saltos e o Lago Todos Los Santos no dia seguinte com a navegação pelo lago até Peulla, tendo em vista que não era época dos pinguins, já havíamos ido ao Valle Nevado nesta mesma viagem e nas pesquisas antes de viajar Puerto Montt não nos encantou. No entanto, a previsão do tempo (vale sempre consultar!) não era boa para o dia seguinte e, portanto, optamos por fazer os Saltos e Lago sem navegação combinado com Osorno (a previsão era de neve!). O tempo mínimo recomendado varia com o que deseja fazer, mas habitualmente 3 dias sem a pinguinera ou 4 dias se for conhecê-la!

Puerto Varas é uma charmosa estância de colonização alemã que lembra um pouco Gramado, na serra gaúcha brasileira. O turismo é muito importante tanto no inverno (voltado para a gastronomia e estação de ski) quanto no verão (voltado para os esportes aquáticos). Começamos o passeio nas margens do Llanquihue – o maior lago da região, de tom azul escuro e rodeado por alguns vulcões, com destaque para o ativo Calburgo e, principalmente, o extinto Osorno (com seu formato clássico que lembra um cone!).

Lago Llanquihue - Puerto Varas - Lagos Andinos

Lago Llanquihue - Puerto Varas - Lagos Andinos

Lago Llanquihue - Puerto Varas - Lagos AndinosInfelizmente o Osorno estava coberto pelas nuvens

Fomos à praça da cidade, passando pelo cassino (dentro do Hotel Dreams de Los Volcanes) e, em seguida, pelas várias lojas de roupas e feira de artesanato.

Cassino - Puerto Varas - Lagos Andinos

Praça - Puerto Varas - Lagos Andinos

Fizemos uma pequena pausa no delicioso e famoso Café Cassis – a variedade e as combinações de café alcoólicos e não alcoólicos são sensacionais (ótimos para espantar o frio!).

Cafe Cassis - Puerto Varas - Lagos Andinos

Cafe Cassis - Puerto Varas - Lagos Andinos

Visitamos, então, o cartão-postal: a Iglesia Sagrado Corazón de Jesus, inspirada em uma igreja alemã.

Igreja Sagrado Coracao - Puerto Varas - Lagos Andinos

Igreja Sagrado Coracao - Puerto Varas - Lagos Andinos

Na praça em frente fica a Gruta de Lourdes, construída no início do século XX.

Gruta de Lourdes - Puerto Varas - Lagos Andinos

Gruta de Lourdes - Puerto Varas - Lagos Andinos

Nossa caminhada pela cidade estava tão agradável que optamos por deixar a visita à Frutillar para uma próxima oportunidade. Frutillar é uma pequena cidade, distante 25km de Puerto Varas, também às margens do Llanquihue, onde os traços alemães são ainda mais fortes. Além do passeio pela avenida costeira, o Museu Felmer e provar o doce kuchen (torta típica alemã!) são os atrativos principais. No verão, sedia a Semanas Musicales – festival de música clássica que ocorre no Teatro del Lago.

No final da tarde escolhemos o restaurante Mediterraneo (atualmente sob o nome Almendra) para repor as energias! Além de uma vista maravilhosa para o lago, o local é super agradável. Comemos um asado de tira e um fettuccine ao molho de cogumelos. Estavam fabulosos!

Restaurante - Puerto Varas - Lagos Andinos

Restaurante - Puerto Varas - Lagos Andinos

Restaurante - Puerto Varas - Lagos Andinos

No dia seguinte saímos 9h para Saltos de Petrohué e Lago Todos Los Santos. Esse é o passeio mais bonito e vale escolher o dia mais ensolarado segundo a previsão! No nosso caso, embora não tenha chovido, o dia estava muito fechado. A estrada até o Parque Nacional Vicente Pérez (1h de viagem!) é ótima e super bonita.

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

O parque possui uma pequena área de alimentação…

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

…e duas principais trilhas!

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

Optamos por começar pela mais famosa: Los Saltos! São inúmeras passarelas sobre as águas e cascatas (saltos!) ora verde-esmeralda ora azul-safira do rio Petrohué. Belíssimo! Fica a dica de não chegar muito cedo para permitir que o sol esteja mais alto e, assim, a água ainda mais bonita.

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

Já a trilha dos apaixonados vale super à pena: contemplamos um segmento mais calmo do rio e uma bela cascata que deságua em um lago de um tom esverdeado estonteante!

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

Saltos de Petrohue - Lagos Andinos

De volta à van, mais alguns quilômetros à frente, paramos para uma caminhada nas margens do Lago Todos Los Santos. Como explicamos, é possível fazer a navegação até Peulla (pode até contratar na hora!)! Se o tempo estiver bom, é imperdível! No entorno do lago existem inúmeras casas de luxo. No verão, muitos praticam atividades aquáticas como caiaque, mergulho e rafting.

Lago Todos Os Santos - Lagos Andinos

Lago Todos Os Santos - Lagos Andinos

Lago Todos Os Santos - Lagos Andinos

Lago Todos Os Santos - Lagos Andinos

Retornamos à van com destino ao vulcão Osorno. Se o tempo não nos contemplou com o sol nos lagos, nos presenteou com um vulcão todo branquinho e nevando! Mesmo com o frio, decidimos subir no teleférico e brincar um pouco nessa ótima estação de ski.

Vulcao Osorno - Lagos Andinos

Vulcao Osorno - Lagos Andinos

Vulcao Osorno - Lagos Andinos

Vulcao Osorno - Lagos Andinos

No topo, o azul apareceu!

Vulcao Osorno - Lagos Andinos

Vulcao Osorno - Lagos Andinos

De volta à base, saboreamos uma deliciosa empanada com chocolate quente!

Vulcao Osorno - Lagos Andinos

Retornamos a Puerto Varas no final da tarde, mas a vista do Osorno continuava prejudicada, mesmo com o céu mais aberto!

Lago Llanquihue - Puerto Varas - Lagos Andinos

Passeamos no entorno do lago, passando por antigas construções que remontam à época de fundação da cidade: Casa Bechthold (atualmente um restaurante!) e Igreja Luterana.

Igreja Luterana - Puerto Varas - Lagos Andinos

Casa Bechthold - Puerto Varas - Lagos Andinos

À noite jantamos um excepcional ceviche de salmão de entrada, seguido por salmão ao molho de frutos do mar e batatas ao Mercken para Thiago e filet com molho de centolla e purê picante para mim.

Restaurante - Puerto Varas - Lagos Andinos

Restaurante - Puerto Varas - Lagos Andinos

Restaurante - Puerto Varas - Lagos Andinos

Retornamos na manhã do dia seguinte para Santiago. Até a próxima, Lagos Andinos!

Gostou do roteiro e das dicas? Faça suas reservas pelas caixas de pesquisa na lateral, nos links ao longo do post ou clique para reservas de hospedagem no Booking ou aluguel de carros no RentalCars. Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o site. Obrigado!


Precisa de orientação para montar um roteiro inesquecível pela região de Puerto Varas e Patagônia Chilena? Quer ajuda em reservas de hotéis, passagens de avião, ônibus ou aluguel de carros? Quer montar um roteiro 100% personalizado e tornar sua viagem inesquecível? Visite nossa página de Roteiros Personalizados ou deixe sua mensagem abaixo.

Gostou do post? Compartilhe!

Silvia Carvalho

Carioca, casada, 29 anos, médica, sempre com uma máquina fotográfica na bolsa, apaixonada por viajar e degustar as comidas típicas locais.

Você pode gostar...

22 Resultados

  1. Karol disse:

    Olá! Parabéns pelo post.
    Mas procurei não post e nao vi a informação em que época (mês) foi feita a viagem. Estou com viagem marcada no verão (fevereiro) para lá

    • Boa tarde Karol,
      Agradecemos sua mensagem e ficamos felizes que tenha gostado do post.
      Estivemos em setembro de 2012! Realmente ficou faltando essa informação e já atualizamos no post! Obrigado pelo toque.
      Se pudermos ajudar em qualquer coisa, nos avise. Temos certeza que vai adorar!
      Um ótimo dia!
      Thiago

  2. Que bacana! Adorei!
    E não é a primeira vez que leio sobre essa semelhança com Gramado.
    Quero muito conhecer as duas cidades 🙂
    Adorei o post!
    Beijos

  3. Nossa, que lugar fantástico!
    E o que são estes pratos??? Ainda não jantei e estavam me prendendo a atenção mais que a paisagem…rs
    Adorei o relato.

  4. viajei_compartilhei disse:

    Que arquitetura linda. Não conhecia essaa cidades e me encantou. Passeios legais e comidas deliciosas.

  5. tikdeviagem disse:

    nossa, já quero ir pra ontem pra esse lugar! adorei essa viagem de vocês, lugar lindo demais e esses pratos mexeram comigo hahahahaha

  6. Rayane disse:

    Que viagem bacana!!! Lugar lindo, hein?
    Fiquei viajando com vocês nas fotos… apaixonada!
    Post super completo, parabéns!

  7. Dhebora disse:

    Sou apaixonada por esse região do Chile! Uma pena o tempo ter ficado tão ruim em nossa passagem por Puerto Varas. O Osorno só deu as caras no último dia, dia de ir embora haha. Também fizemos a volta ao Lago de carro e adoramos!
    Ah, o Café Cassis foi tudo de bom! Haha

  8. Paulo Venoso disse:

    Gosto muito do post de vocês, é super completo e bem detalhado parece que estou lá hehehe, essa trilha dos los saltos com a trilha dos enamorados é linda demais essas cores dos águas, essa foto do Thiago lá em cima do teleférico de braços abertos até parece uma avalanche vindo pelo desenho das nuvens ahahah

  9. Livia Zanon disse:

    Chile tão pertinho e ainda não conheço, adorei o post… Fiquei com mais vontade de ir =D

  10. já tinha ouvido falar que Puerto Varas era linda, mas depois desse post vi que é mais que isso, é encantadora!! Não sabia que era parecida com Gramado e agora quero demais conhecer!

  11. Como sempre, um post incrível! Achei o hotel muuuito charmoso! Adorei as dicas. Parabéns pro casal 😉
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Reprodução ou cópia não autorizada!