You dont have javascript enabled! Please enable it!

Dicas e Roteiros de Viagem pelo País de Gales

Conforme explicamos no post sobre o Reino Unido, o País de Gales é um dos estados que compõe essa nação. Está localizado na ilha da Grã-Bretanha, fazendo fronteira ao leste com a Inglaterra. Possui uma população de pouco mais de 3 milhões de habitantes, sendo mais de 350 mil em Cardiff, sua capital e maior cidade.

A identidade do País de Gales começou a se formar a partir do século V com a saída dos romanos da Grã-Bretanha, tendo sofrido grande influência da cultura celta. Durante os séculos seguintes – por mais de 400 anos -, muitos conflitos entre os povos locais e externos foram frequentes, até que uma realeza embrionária galesa passou a ocupar o poder da região.

No entanto, no século XIII, o rei inglês Edward I, respondendo a sucessivas disputas, invadiu o território do País de Gales e, para manter seu domínio, iniciou a construção de castelos, como Beaumaris, Conwy e Caernarfon, unificando, de certa forma, os territórios. Contudo, essa “união” só foi formalizada a partir de 1536, através dos Acts of Union, ou seja, quase 300 anos após a invasão inglesa. Desde então, essa pequena nação faz parte do território britânico, mantendo estreita e amistosa relação com os ingleses, embora com maior autonomia desde o final do século XX.

Uma curiosidade é que ao sucessor do trono britânico é conferido o título de Príncipe de Gales, sem, todavia, garantir qualquer importância política sobre o território galês.

Mapa - Pais de Gales
Fonte: WorldMapFinder

O Reino Unido (e, assim, o País de Gales) fez parte do que se tornou a União Europeia (UE) desde 1973, mas sua moeda continuou sendo a libra esterlina. No entanto, em 2016, a maioria da população votou pela saída do país do bloco, o que ainda não ocorreu em definitivo. Portanto, as regras de imigração continuam as mesmas, ou seja, assim como nos demais países do bloco, não existe necessidade de visto para permanência menor do que 90 dias nem vacinação obrigatória para brasileiros, mas o controle de fronteiras sempre foi mais rigoroso do que no restante da UE.

Os idiomas oficiais são o inglês e o galês, e ambos são utilizados em todas as placas públicas. No entanto, não se desespere, todos falam inglês! O fuso horário é de mais 3 horas em relação a Brasília, variando conforme o horário de verão. O clima é o temperado marítimo, com muita chuva, vento e umidade durante todo o ano, sobretudo na primavera e início do verão. A temperatura não possui grande variação, mantendo uma média entre 0ºC e 7ºC no inverno e 11ºC e 19ºC no verão. Exemplos de comidas típicas são o Tatws (cozido), o Cawl (sopa de legumes com carne ou bacon), o Welsh Cake (uma sobremesa) e o Bara Brith (um pão doce com frutas secas).

Pelo pequeno tamanho e proximidade com a Inglaterra (e Escócia), geralmente o roteiro inclui cidades dos demais países. Dessa forma, o deslocamento pode ser de carro, trem ou ônibus, não existindo voos diretos a partir do Brasil.

Estivemos no País de Gales em março de 2015 durante uma viagem de carro muito especial pelas principais regiões e cidades do Reino Unido e República da Irlanda:

Gostou do roteiro e das dicas? Faça suas reservas pelas caixas de pesquisa na lateral, nos links ao longo do post ou clique para reservas de hospedagem no Booking. Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o site. Obrigado!

Thiago Carvalho

Carioca, casado, 35 anos, médico, amante da natureza e apaixonado por viagem, de Itaipava no fim de semana ao Bungee Jumping na Nova Zelândia. Volta de uma viagem com o roteiro pronto para a próxima.

error: Alert: Content selection is disabled!!