Um dia na fria e lindíssima Coastal Causeway

Conforme explicado no post sobre a Irlanda do Norte, um passeio imperdível a partir de Belfast é ir na chamada Coastal Causeway, a estrada litorânea no extremo norte da ilha que passa por paisagens surpreendentes, destilarias de uísque e termina na histórica cidade Londonderry.

Qual a melhor época para visitar?
A região é fria tanto no inverno como no verão, mas as chances de neve e vento forte e gélido são grandes no inverno. Portanto, considere ir entre maio e setembro, quando as temperaturas são menos frias e os dias mais longos. Visitamos em março de 2015, quando uma frente fria derrubou as temperaturas e trouxe muita neve durante os dias em que estivemos na Irlanda do Norte, tornando as atrações ainda mais incríveis, dificultando um pouco a condução do carro.

Quanto tempo para fazer a Coastal Causeway?
A distância de Belfast à Londonderry é de cerca de 160km, passando pelas principais atrações da costa norte. Portanto, o tempo recomendado é de um dia, geralmente em um bate e volta a partir de Belfast ou dormindo em Londonderry ou outra cidade da Irlanda se for seguir viagem para o sul.

Como fazer a Coastal Causeway?
Existem duas opções:

  • Carro (alugue aqui): opção interessante não apenas para os que irão percorrer as Irlandas, mas também para maior flexibilidade no bate e volta. Essa foi nossa opção! A maior dificuldade é a mão inglesa! O início demandou uma pequena adaptação, mas nada demais.
  • Passeio: contratar um tour pela Coastal Causeway em uma das agências locais de Belfast.

Onde se hospedar na Coastal Causeway?
A maioria dos viajantes faz um bate e volta, mas, se tiver com tempo, não vai se arrepender de passar a noite em Londonderry. Por outro lado, se for seguir viagem para a Irlanda, aproveite o deslocamento e entre pela costa oeste, com possibilidade de dormir em Londonderry ou alguma outra cidade da Irlanda. Esse foi o nosso caso, esticamos mais um pouco para ganhar tempo no dia seguinte e dormimos na pequena cidade de Sligo, a 140km de Londonderry.

Existem várias opções de hospedagem em Londonderry (veja todas aqui). Recomendamos os espetaculares Maldron Hotel DerryBishop’s Gate Hotel e City Hotel, ou o mais simples, mas ótimo Number 8 The Townhouse.

O Roteiro
Montamos um roteiro de um dia completo pela costa, saindo de manhã cedo de Belfast. E foi possível cumprir exatamente o planejado! Saímos por volta das 7h30, seguimos pela M2 e depois pela A26 em direção a Ballycastle.

Na estrada, a neve começava a cair com mais intensidade conforme avançávamos para o norte, causando duas sensações antagônicas: receio do que estaria pela frente (não era previsto que nevasse nesse período, não estávamos acostumados a dirigir em pistas nevadas e não tínhamos correntes para colocar nas rodas!) e alegria pelas ainda mais belas paisagens com o toque branco!

Estrada - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino Unido

Estrada - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino Unido

Estrada - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino Unido

Estrada - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino Unido

Infelizmente, nevava muito e a estrada para Carrick-A-Rede Rope Bridge estava interditada. Como o próprio nome revela, uma ponte suspensa comunica o continente com a pequena ilha Carrickarede. Construída inicialmente em 1755 por pescadores de salmão, a ponte atual é muito mais segura e pode ser cruzada mediante pagamento de uma pequena tarifa. Veja as fotos no site oficial.

Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoEstrada

Continuamos pela belíssima estrada margeando as falésias em direção ao Giant’s Causeway, a principal e mais visitada atração turística da região! Declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco no século passado, a chamada “calçada de gigantes” recebeu esse nome pelas milhares de pedras formadas pela lava de uma erupção vulcânica há milhões de anos que parece formar uma calçada de pedras gigantes.

Contudo, a lenda irlandesa diz que o gigante irlandês Finn MacCool desejava lutar com o escocês Benandonner e, para isto, construiu a calçada até a Escócia. Percebendo seu erro, vestiu-se como bebê para levar o escocês a pensar que o pai do bebê deveria ser muito maior. No retorno para a Escócia, Benandonner destruiu a calçada para que não fosse perseguido, deixando apenas o que ainda é visto nos dias de hoje.

O frio e o vento eram intensos. Paramos no Giant’s Causeway e era simplesmente impossível permanecer do lado de fora do carro!

Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoCosta norte da Irlanda do Norte

Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoCosta norte da Irlanda do Norte – repare na estrada com neve!

Resolvemos seguir viagem e a menos de 5 minutos adiante estava a The Old Bushmills Distillery. Essa destilaria de uísque de 1784 é considerada a mais antiga da Irlanda do Norte. Uma curiosidade: a data de 1608 representa o ano da concessão pelo rei James I da licença para destilar. Vale a visita e, se tiver tempo, o tour pela destilaria!

Old Bushmills Distillery - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino Unido

Nesse momento a neve deu uma trégua e o céu clareou, dando espaço ao sol. Optamos por retornar ao Giant’s Causeway e não nos arrependemos: com menos vento conseguimos fazer a visitação a pé! É imperdível! O relevo no entorno, a cor da água e as rochas são incríveis.

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoCosta intocada, agora com sol!

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoDescida para a “calçada”

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoEsquina, segundo a placa, que mais venta no país!

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoEntorno da calçada

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoChegando…

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoPedras cobertas por neve

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoColunas basálticas que formam a calçada

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoA imensidão das colunas…

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoCaminhando por elas…

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoEncontro com o mar

Giants Causeway - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino UnidoEncontro com o mar

Retornamos extasiados para o carro e dirigimos apenas 10 minutos até a próxima parada: Dunluce Castle. Localizado no topo de uma colina, esse castelo foi construído no século XIII, tendo passado por modificações nos séculos seguintes. Sua posição estratégica em um penhasco de rochas íngremes serviu de fortificação no passado. Apesar de restarem apenas suas ruínas, o cenário configura-se como um dos mais pitorescos da Irlanda do Norte.

Dunluce Castle - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino Unido

Dunluce Castle - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino Unido

Ainda na costa, cerca de 30km após o castelo está o Mussenden Temple. Essa construção circular de 1785 no topo de outra colina foi inspirada no Templo de Vesta, localizado em Roma. Ficamos um pouco decepcionados!

Mussenden Temple - Coastal Causeway - Irlanda do Norte - Reino Unido

Percorra mais 40km pela A2 para chegar a Londonderry, mais conhecida como Derry. Embora seja a segunda maior cidade da Irlanda do Norte, possui uma população de pouco mais de 100 mil habitantes. Infelizmente a chuva voltou e não conseguimos tirar muitas fotos. O maior atrativo da cidade são suas muralhas intactas, as únicas da Irlanda e um dos melhores exemplos de cidade murada da Europa! Construídas entre 1613 e 1619, as fortificações nunca foram rompidas.

Londonderry - Irlanda do Norte - Reino UnidoIgreja de St Eugene ao fundo e rua dentro das muralhas

Londonderry - Irlanda do Norte - Reino UnidoMuralhas

Assim como Belfast, a cidade sofreu muito com os confrontos entre protestantes e católicos na segunda metade do século XX e possui inúmeros murais políticos. Em 1972 ocorreu o trágico Bloody Sunday (Domingo Sangrento – tema, inclusive de uma música do grupo U2), quando 14 católicos, que protestavam pacificamente, foram mortos pelo exército britânico. Há um monumento em homenagem às vítimas.

Infelizmente a chuva ficou intensa e dificultou um passeio com mais calma pela cidade. Seguimos, então, para Sligo, na Irlanda!

Gostou do roteiro e das dicas? Faça suas reservas pelas caixas de pesquisa na lateral, nos links ao longo do post ou clique para reservas de hospedagem no Booking ou aluguel de carros no RentalCars. Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o site. Obrigado!


Precisa de orientação para montar um roteiro inesquecível pela Irlanda do Norte (ou Reino Unido)? Quer ajuda em reservas de hotéis, aluguel de carros, passagens de avião, ônibus ou trem? Quer montar um roteiro 100% personalizado e tornar sua viagem inesquecível? Visite nossa página de Roteiros Personalizados ou deixe sua mensagem abaixo.

Gostou do post? Compartilhe!

Thiago Carvalho

Carioca, casado, 30 anos, médico, amante da natureza e apaixonado por viagem, de Itaipava no fim de semana ao Bungee Jumping na Nova Zelândia. Volta de uma viagem com o roteiro pronto para a próxima.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Reprodução ou cópia não autorizada!