A colorida Piranhas, base para os Cânions do Xingó e a Rota do Cangaço

Conforme explicamos no post de Alagoas, um dos destinos do interior sul do estado é a cidade de Piranhas, principal base para visitar os Cânions do Xingó (ou São Francisco) e a Rota do Cangaço. Fundada em 1887 e com uma população próxima a 30 mil habitantes, entrou para a história brasileira no início do século XX com a decapitação de Lampião e Maria Bonita, os mais famosos e procurados cangaceiros. E, pela conservação impecável de grande parte dos casarios, foi considerada Patrimônio Histórico Nacional pelo IPHAN.

Quando visitar Piranhas?
A região é seca e quente durante todo o ano, mas entre março e agosto existe maior chance de precipitações. Portanto, recomendamos viajar entre setembro e fevereiro, quando as chuvas são muito escassas.

Quanto tempo ficar em Piranhas?
Para realizar com calma os passeios e conhecer o centro histórico, recomendamos dois dias, sendo o ideal chegar no final da tarde/noite, pois a saída para os passeios ocorre, em geral, pela manhã.

Como chegar à Piranhas?
Existem duas alternativas:

  • Excursões/Transfer: contratar uma excursão ou transfer nas agências de Maceió ou Aracaju. Como não é possível fazer os dois passeios mais o deslocamento em apenas um dia, o bate e volta contempla apenas um dos dois atrativos. A alternativa é avaliar a possibilidade de uma excursão com pernoite na região. Vale ressaltar que o deslocamento até Piranhas dura, em média, 4 horas cada trecho e, portanto, um bate e volta é extremamente cansativo (8 horas de viagem) e desaconselhável!
  • Carro (alugue aqui): o melhor custo-benefício e flexibilidade.
    • De Maceió: são 265 km pela AL-101/AL-220 (bem sinalizada e conservada).
    • De Piaçabuçu/Penedo: são 230 km pela AL-110/AL-220 (bem sinalizada e conservada).
    • De Aracaju: são 230km pela BR-235/SE-175/SE-230 (não fizemos a rota, logo não sabemos as condições da estrada).

Como contratar os passeios em Piranhas?
Os passeios podem ser contratados diretamente na cidade, através das agências locais, barqueiros no porto (Rota do Cangaço), nos receptivos como o Restaurante Karrancas (Cânions do Xingó) ou na recepção dos principais hotéis.

Onde se hospedar em Piranhas?
Existem algumas opções de hotel em Piranhas (veja todas aqui). Ficamos no Hotel Pedra do Sino e adoramos. A vista dos quartos é deslumbrante (atenção para solicitar um quarto com vista na reserva), a limpeza e tamanho ótimos e a área de lazer e atendimento excelentes. O café da manhã não é excepcional, mas é suficiente. O único ponto negativo é, justamente por estar no alto depender de carro ou da descida dos inúmeros degraus do mirante secular para chegar ao centro histórico (descemos e subimos muitas vezes e podemos garantir: é muito cansativo, principalmente devido ao sol).

Hotel Pedra do Sino - Piranhas - AlagoasFachada dos quartos

Hotel Pedra do Sino - Piranhas - AlagoasPiscina e Área de Lazer

Hotel Pedra do Sino - Piranhas - AlagoasVista da Piscina

Hotel Pedra do Sino - Piranhas - AlagoasVista dos quartos, com o Mirante Secular à direita

Outras sugestões são os simples Pousada Porto e Pousada O Imperador.

Conhecendo Piranhas
Agora que já respondemos as principais dúvidas, vamos ao roteiro! Aqui descreveremos os principais atrativos históricos de Piranhas. Para saber mais sobre os passeios, veja os posts:

Nosso passeio por Piranhas começa no alto, bem próximo ao Hotel Pedra do Sino, onde está o Mirante Secular, construído no século XIX para saudar o século XX. Ao lado do mirante está o Restaurante Flor de Cactus, uma boa opção para quem deseja comer na cidade. A chegada ao mirante pode ser por uma estradinha de terra ou pelos mais de 360 degraus a partir do centro histórico. Vale o esforço!

Mirante Secular - Piranhas - Alagoas

Se estiver com calor, não deixe de provar alguns sabores diferentes de sorvete, como o de rapadura e ouricuri. Provamos e aprovamos!

Sorvete - Piranhas - Alagoas

Desça pelos degraus ou vá de carro até o centro histórico. Logo ao lado da escadaria está o Centro de Artesanato de Piranhas. Como o funcionamento é de quarta a domingo, estava fechado quando visitamos a cidade.

Centro de Artesanato - Piranhas - Alagoas

Vire à esquerda e visite o Museu do Sertão, que funciona na antiga estação ferroviária com uma exposição que revela a história do cangaço através de objetos e roupas da época.

Museu do Sertao - Piranhas - Alagoas

Do outro lado da rua está a Torre do Relógio. Construída no final do século XIX, abriga um relógio inglês e atualmente uma cafeteria.

Torre do Relogio - Piranhas - Alagoas

Retorne até a área do porto e contemple o espetacular Velho Chico, com suas águas transparentes em tom de azul! É dali que sai o passeio para a Rota do Cangaço e a visita ao povoado de Entremontes (veja mais aqui).

Porto - Piranhas - Alagoas

Cruze até a outra escadaria da cidade (na direção oposta do Mirante Secular), para deslumbrar mais uma linda vista aos pés da pequena Igreja de Nossa Senhora do Bonfim.

Piranhas - AlagoasInício da subida

Mirante da Igreja - Piranhas - AlagoasVista de Piranhas (repare no Mirante Secular à esquerda)

Igreja Nossa Senhora do Bonfim - Piranhas - AlagoasIgreja Nossa Senhora do Bonfim

Retorne até a base da escada e contorne a região central para passar pela Igreja de Nossa Senhora da Saúde, padroeira da cidade, construída no início do século XX em estilo neoclássico.

Igreja Nossa Senhora da Saude - Piranhas - Alagoas

Encerre a caminhada pelo centro nos coloridos e preservados casarios históricos da cidade e aproveite para sentar na Cachaçaria Altemar Dutra. Pedimos alguns petiscos que estavam gostosos, mas – pasmem! – o mais gostoso (e diferente!) foi o sushi, recomendado pelo dono da agência de turismo que programou o passeio para os cânions (veja aqui)! Quem diria que estaríamos comendo (e elogiando!) comida japonesa no sertão brasileiro.

Centro Historico - Piranhas - AlagoasCasarios históricos

Cachacaria do Altemar - Piranhas - AlagoasPraça do Centro Histórico

Cachacaria do Altemar - Piranhas - AlagoasSushi no sertão brasileiro (!!!)

Gostou do roteiro e das dicas? Faça suas reservas pelas caixas de pesquisa na lateral, nos links ao longo do post ou clique para reservas de hospedagem no Booking ou aluguel de carros no RentalCars. Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o site. Obrigado!


Precisa de orientação para montar um roteiro inesquecível pela região de Alagoas? Quer ajuda em reservas de hotéis, passagens de avião, ônibus ou aluguel de carros? Quer montar um roteiro 100% personalizado e tornar sua viagem inesquecível? Visite nossa página de Roteiros Personalizados ou deixe sua mensagem abaixo.

Gostou do post? Compartilhe!

Thiago Carvalho

Carioca, casado, 30 anos, médico, amante da natureza e apaixonado por viagem, de Itaipava no fim de semana ao Bungee Jumping na Nova Zelândia. Volta de uma viagem com o roteiro pronto para a próxima.

Você pode gostar...

2 Resultados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Reprodução ou cópia não autorizada!